Notícias

A retomada social das cidades

28 de Maio de 2020

A retomada social das cidades

  • Saída do confinamento.
  • Entrada do verão no Hemisfério Norte.
  • Novos mecanismos de recuperação e resiliência.
  • Medidas para retomada da confiança de moradores e visitantes.

 

O coronavírus abalou profundamente o mundo, testando os sistemas de saúde e bem-estar, economias e sociedades, impactando diretamente o modo de viver e trabalhar das pessoas.

 

Para proteger vidas, retomar atividades econômicas e impulsionar o próximo ciclo, diversas iniciativas da sociedade civil organizada já estão em curso como a da Comissão Europeia. A UE projeta orçamento para o período 2021 – 2027 de até 1,85 trilhão de euros para contribuir com o futuro no pós-pandemia. Muitas iniciativas já estão em curso, implementadas em diversas cidades ao redor do mundo.

 

Liverpool

 

  • Projeto de £450.000 para ajudar a repensar os espaços ao ar livre na cidade

 

O fundo é para ajudar empresas locais independentes a redesenhar os espaços ao ar livre e transformá-los em áreas de estar para compensar o espaço interno que estão perdendo, como resultado do distanciamento social.

 

O conselho da cidade trabalhará com a Liverpool BID Company – que apoia 1.500 empresas no centro da cidade – e a Câmara de Comércio, além de um conjunto de criativos e designers. As restrições a bares e restaurantes estão previstas até o início de julho, mas a cidade começa a se preparar para possibilitar acessos e segurança aos seus moradores e visitantes já nos próximos meses.

 

“Precisamos encontrar uma maneira de dar à população local a confiança de que eles podem continuar a comer, gastar dinheiro na economia local e se divertir com segurança.” Joe Anderson, prefeito de Liverpool.

 

Vancouver

 

  • Plano de criar 50 km de ruas para pedestres.

 

A cidade de Vancouver está introduzindo 50 km de “ruas lentas” como parte de seu plano de reaproveitar o espaço na cidade em resposta ao Covid-19.

 

O objetivo é fornecer às empresas, em 1º de junho, diretrizes claras para agilizar seus pedidos de licença de pátios e restaurantes ao ar livre, com intuito de dar às pessoas o espaço necessário para retomar algumas de suas atividades normais.

 

Paris

 

  • Desde 11 de maio, 50 km de ruas parisienses são dedicadas ao ciclismo.
  • Para residentes parisienses e empresas privadas: Plano de € 200 milhões para apoiar empresas privadas, operadores culturais e ONGs.
  • Aluguéis comerciais congelados por até seis meses.
  •  Isenção de impostos municipais diversos por seis meses (terraço e estradas, vendedores ambulantes, resíduos não domésticos, mercados, mercados de pulgas, táxis).
  • Subsídios ao investimento: lojas, artesãos, empresas culturais, jovens empresas inovadoras (6 milhões de euros).
  • Apoio ao setor do turismo (5 milhões de euros).
  • Apoio financeiro às empresas sociais (4 milhões euros).

 

Fontes:

Smart Cities World

Deloitte

European Commission

Compartilhar:

Voltar