Shuttle Aeroporto

Porto Alegre, Brasil

  • Localização

    Aeroporto Internacional Salgado Filho

  • Contratante

    Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S. A. (Trensurb)

  • Operação e
    Manutenção

    Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S. A. (Trensurb)

  • Inauguração

    Agosto de 2013

  • Passageiros Transportados

    Mais de 3 milhões (até outubro de 2016)

  • Status

    Linha Pública em Operação Comercial

Velocidade de implementação e baixo custo

A Linha Shuttle do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, Capital do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, foi planejada como uma das obras para a Copa do Mundo de 2014. A flexibilidade do projeto e sua rápida implementação foram determinantes para que a Linha fosse inaugurada em 2013, com um ano de antecedência. Por ser um transporte com característica de via elevada, o projeto é considerado essencial para facilitar a locomoção entre dois pontos importantes: o aeroporto e o trem metropolitano.

Entrevista Humberto Kasper, Diretor-Presidente da Trensurb

Pela sua experiência com a implantação do Aeromovel de Porto Alegre (Shuttle do Aeroporto Internacional Salgado Filho), o Diretor-Presidente da Trensurb (jun/2011 a out/2016), Humberto Kasper, percebe grande potencial de demanda não só no transporte público urbano, mas também em trechos de ligações à linha metroferroviária com universidades, parques e polos industriais, todos ao longo da Região Metropolitana.

Kasper também cita as vantagens do sistema Aeromovel como a redução de custo por passageiro e a facilidade de inserção no meio urbano. O gestor também aponta a evolução da tecnologia de deslocamento do Aeromovel e seu diferencial competitivo em relação ao sistema de transporte tradicional metroferroviário.

Trajeto da Linha

O Aeromovel percorre um trajeto de pouco mais de 1 quilômetro, conectando o aeroporto à estação local do trem metropolitano. O fluxo de usuários da Linha Shuttle é alimentado pelo trem, que liga o centro de Porto Alegre a cidades da Região Metropolitana, em trajeto de 43 quilômetros.

O Sistema foi planejado como solução rápida, confortável e segura de transporte, reduzindo a menos de dois minutos o percurso que só podia ser feito a pé ou de ônibus. O baixo valor de manutenção de um sistema movido a ar é considerado ideal para projetos de conexão aeroportuárias. Com dois veículos em operação, a Linha foi projetada para transportar cerca de 10 mil passageiros diariamente, a custo significantemente inferior ao comparado a outros modais semelhantes.

Tabela específica da linha

Extensão da Linha: 1.011m
Raio Mínimo 35m
Rampa Máxima: 3%
Veículos/Capacidade: A-100/150 passageiros A-200/300 passageiros
Velocidade Máxima: 65km/h
Propulsão: 2 propulsores de 302 kW cada
Configuração da via: Shuttle em linha simples
Outras características: 1 desvio 1 área de estacionamento

Galeria de imagens

  • (14 fotos)