Notícias

7 de junho de 2016

Grupo africano experimenta Aeromovel em Porto Alegre

A presidente do grupo sul-africano Bunengi, Savannah Nonhlanhla Maziya-Sandanezwe, manifestou satisfação após a experiência como passageira da linha do Aeromovel, que faz conexão entre o trem e o Aeroporto Salgado Filho, na segunda-feira (06). Ela veio liderando a comitiva do grupo parceiro da Aeromovel Brasil, que atualmente faz prospecção de projetos da empresa gaúcha em vários países da África Sub-saariana. Para o grupo de visitantes, o que mais impressionou foram as características de sustentabilidade e economia do Sistema.

Savannah destacou a capacidade do Aeromovel de se adaptar a um trajeto com curvas, seu baixo impacto urbano e o reduzido custo energético de sua operação. Adiantou que um dos projetos, em fase de negociação em seu país, trata da implantação de uma linha, com cerca de quatro quilômetros, que vai conectar uma estação de metrô a um grande shopping center.

A comitiva, que foi recebida pelo CEO da Aeromovel Brasil, Marcus Coester, também esteve reunida com a direção da Trensurb, onde recebeu informações técnicas sobre a experiência da empresa com o Sistema. Humberto Kasper detalhou aos sul-africanos aspectos, como a simplicidade e eficiência do modal, bem como seu baixo custo de operação.

No cronograma de visitação, também estava agendado um encontro com a prefeitura de Canoas. Durante a reunião, os representantes foram apresentados ao projeto do Sistema que está em fase de implementação na cidade.

Em sua análise, Savanaah considerou que os dois países têm problemas semelhantes na área de mobilidade urbana e que a questão ambiental vem merecendo atenção especial na África do Sul, o que valoriza ainda mais a marca de sustentabilidade do Aeromovel.

Também acompanharam as visitas diretores e gestores da Bunengi, Aeromovel e Trensurb.

Foto: Manoel Petry
Para mais fotos, acesse o banco de imagens.

Compartilhar:

Voltar