Notícias

Transição para a eletrificação: mobilização rumo ao zero carbono

26 de fevereiro de 2021

Transição para a eletrificação: mobilização rumo ao zero carbono

Em meio a uma transição energética global, o futuro das empresas de petróleo e de gás está cada vez mais em questão. O desafio para essas indústrias passa pelo engajamento e pela capacidade de adaptação a um cenário de investimentos em mudança, apoiando e, até mesmo, liderando esforços para a descarbonização do sistema de energia.

 

Alguns dos desafios das empresas de petróleo e gás no contexto da descarbonização global:

 

• Construir estratégias para modelos de negócios de baixo carbono, enquanto permanecem lucrativos, e novas estratégias para os novos segmentos e partes interessadas.

 

• Estímulo ao desenvolvimento de métricas ESG (Environmental, Social and Governance), transparentes, objetivas e acessíveis aos investidores.

 

• Investir em conceitos de emissões líquidas zero, economia circular e aderência às contribuições nacionalmente determinadas do Acordo de Paris (NDCs).

 

• Incentivar o crescimento dos mercados internacionais de carbono (Artigo 6º do Acordo de Paris) e expandir projetos internacionais conjuntos para a redução de emissões.

 

• Tornarem-se atrativas para jovens talentos preocupados com a pegada ESG.

 

A pauta zero carbono passou a ser um compromisso da sociedade global. O setor de transportes tem um papel relevante neste processo. Os sistemas de transporte público urbano têm a missão de acelerar a transição do combustível fóssil para a eletrificação.

 

A Aerom Mobilidade Sustentável e a Tecnologia Aeromovel estão em sinergia com os desafios das metas globais de zero carbono tanto pelas características técnicas e processos de manufatura e montagem de seus produtos e sistemas, quanto pelas práticas empresariais de mitigação das emissões de gases de efeito estufa nas suas diversas atividades e empreendimentos.

 

Fontes:

bp.com

Atlantic Council 

Compartilhar:

Voltar